"E a receita é uma só: fazer as pazes com você mesmo, diminuir a expectativa e entender que felicidade não é ter. É ser."

Fernanda Mello (via finais)

(Fuente: serporestar, vía finais)

"Às vezes, não há nenhum aviso. As coisas acontecem em segundos. Tudo muda. Você está vivo. Você está morto. E as coisas continuam. Somos finos como papel. Existimos por acaso entre as percentagens, temporariamente. E esta é a melhor e a pior parte, o fator temporal. E não há nada que se possa fazer sobre isso. Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por décadas e nada vai mudar. Você pode mudar a si mesmo para ser aceitável mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais, pense menos."

Charles Bukowski.   (via com-versos)

(Fuente: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r, vía com-versos)

Acho linda aquela pessoa que não promete nada, simplesmente vai lá e faz.

(Fuente: obcecou, vía tristeza-nos-olhos)

"O amor habita na simplicidade das coisas. Num sms de bom dia, num sorriso, num abraço, num olhar…"

Paris 1995.   (via autorias)

(Fuente: antipoetico, vía autorias)

"Quase ninguém sabe das vezes que silenciei quando minha vontade era gritar, rasgar o verbo, machucar. Ninguém percebe, mas de vez em quando eu relevo uns comentários, finjo que não vi, que não ouvi. Tento agradar, mas a maioria só vê a parte ruim. Quero mostrar a parte bela, mas só querem apontar minhas cicatrizes, abrindo-as mais, mais e mais. Não vivo nessa de querer agradar a todos, só tenho um medo absurdo de ferir alguém. Eu sei como dói."

A menina e o violão.    (via reverenciador)

(Fuente: a-menina-e-o-violao, vía reverenciador)

PAPAI DO CÉU, se não for para ser, tira do meu coração? AMÉM.

(Fuente: soberanizei, vía com-versos)

"Sei que não devemos acumular o que nos faz mal, mas e aquelas pessoas que nos fazem chorar e rir ao mesmo tempo, o que fazemos com elas?"

Jadson Lemos.  (via poetadoalem)

(Fuente: hifens, vía poetadoalem)

"Eu tô bebendo pra ver se consigo te esquecer, mas quanto mais eu bebo mais eu lembro de você."

Lucas Lucco.  (via com-versos)

(Fuente: wirkung, vía com-versos)

"A primeira lição está dada: o amor é onipresente. Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir “eu te amo” num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir “eu te amo” numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender."

Martha Medeiros  (via fragments-s)

(Fuente: amim, vía thesweetestthingslove)